Brasil

Homem ajuda a salvar vítima de acidente e é demitido após chegar atrasado no trabalho

"Me coloquei no lugar dele. Eu vi tudo. Capotou umas cinco, seis vezes, só na pista”, relembrou Robson

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O autônomo Robsom dos Santos, de 35 anos, foi demitido após chegar atrasado no trabalho por ter parada para ajudar uma vítima de um acidente. O carro tinha capotado em uma rodovia de Bertioga (SP) nesta segunda-feira (8). As informações são do G1 São Paulo.

Em entrevista ao G1, Robsom relatou o que sentiu no momento que presenciou o acidente. "Me coloquei no lugar dele. Eu vi tudo. Capotou umas cinco, seis vezes, só na pista”, relembrou Robson.

Ao G1, ele relatou que estava em período de experiência na empresa e que já havia saído atraso de casa, mas ao ver o acidente quis ajudar de qualquer forma. Ele sinalizou o acidente para os outros veículos que passavam, entrou na mata e percebeu que o carro caiu em uma vala e estava parcialmente submerso.

Preocupado com a possibilidade de afogamento da vítima, ele e outros dois homens ajudaram no resgate.

Falei 'oi, tudo bem? Tem gente?'. Aí ele falou 'tem, eu estou sozinho'. Mandei ele tirar o cinto, para tirar ele, porque não conseguia virar o carro”, relatou o autônomo ao G1.

“Ele estava com muito medo, muito assustado, em choque. Quando vi que ficou bem, saí para ir ao trabalho”, relatou.

Ao G1, a Polícia Rodoviária informou que a vítima teve apenas ferimentos leves e passava bem

Após dar o socorro, Robsom foi para o trabalho, mas já imaginava que seria demitido. Mesmo assim, ele afirma que tomou a decisão certa.
Demissão

Robsom explicou que foi em seguida para o trabalho, mas, por estar em período de experiência, foi dispensado da empresa. Ele contou que já imaginava que poderia ser demitido, por ser período de teste. Mesmo assim, o autônomo afirma que tomou a decisão certa.

 “Estava no lugar certo e na hora certa, mesmo com horário atrasado”, brincou Santos.