Brasil

Homem é acusado pela irmã de estuprar sobrinha de sete anos

Mãe da criança conta também ter sofrido abuso do homem na infância

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um homem de 36 anos é suspeito de estuprar a própria sobrinha, de apenas sete anos. O abuso teria acontecido na última segunda-feira (23) e foi descoberto após a vítima contar à avó e a uma amiga da família o que aconteceu. O caso ocorreu na cidade de Extremoz (RN).

De acordo com o G1 RN, a mãe da criança notou um comportamento estranho dela e resolveu procurá-la para conversar. "Ela não quis se abrir comigo. Como ela gosta de ir a igreja, chamei uma irmã que conversou com ela e contou tudo. Depois, ela relatou que quem estava a assediando era o tio dela", contou a mulher.



Além disso, a mãe da vítima relatou também ao G1 que não foi a primeira vez que o homem agiu dessa forma e que também foi abusada na infância. "Fui vítima dele. Fiquei com isso guardado até hoje. Minha mãe passava a mão na cabeça dele", disse.

Levado para uma delegacia em Natal (RN), o homem negou qualquer violência contra a sobrinha. A Delegacia de Polícia Civil de Extremoz informou ao G1 que ele prestou depoimento e foi liberado. O crime será investigado pela Polícia Civil.

A corporação ainda disse ao G1 que a criança foi levada para a realização de exames de conjunção carnal e ato libidinoso.