Brasil

Homem é condenado a 35 anos de prisão por estuprar as duas filhas

Em depoimento, as vítimas relataram que o pai cometia os crimes com frequência, sempre que bebia, e que as ameaçava de morte

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em


Na última segunda-feira (4), um homem foi condenado a 35 anos de prisão por estuprar duas filhas crianças. O caso aconteceu em Major Izidoro, Sertão de Alagoas, e o nome dos envolvidos não foram divulgados. De acordo com o G1 Alagoas, os abusos as meninas tinham 8 e 11 anos e duraram cerca de quatro anos.

Em depoimento, as vítimas relataram que o pai cometia os crimes com frequência, sempre que bebia, e que as ameaçava de morte com um facão ou fio de eletricidade durante os estupros.

Ainda segundo informações do G1 AL, as vítimas afirmaram que não tinham coragem de denunciar o pai. A mãe das crianças contou que o homem tinha muito ciúmes  das filhas e que não as deixava sair de casa, mas ela não sabia dos abusos. A mulher disse ainda que trabalhava entre  7h e 17h, geralmente de domingo a domingo, e as meninas ficavam com o pai.



"Houve a confirmação na audiência de instrução e julgamento que o réu praticou conjunção carnal e outros atos libidinosos em desfavor das vítimas. […] Os depoimentos prestados em juízo corroboraram com os elementos do inquérito policial e comprovaram de forma cabal os fatos criminosos descritos na exordial", disse a juíza Marcella Pontes Garcia, titular da comarca de Major Izidoro, que assinou a condenação do homem.