Brasil

Homem é preso acusado de espancar e matar enteada de cinco anos

Equipe médica constatou ferimentos na barriga, nas mãos e na cabeça da vítima

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Uma menina de cinco anos morreu após ser espancada na zona rural da Serra, no Espírito Santo. O padrasto, de 35 anos, é o principal suspeito, ele foi preso. As informações são do UOL. 

De acordo com a Polícia Militar, a mãe da menina, de 23 anos, saiu de casa para uma aula na autoescola e deixou a filha com o companheiro. Horas depois, ela recebeu uma ligação da irmão dizendo que a criança estava desacordada. Quando chegou em casa ela encontrou a filha deitada no quarto sem responder a nenhum chamado. 

A mulher levou a filha em um posto de saúde próximo a região em que moravam. A criança recebeu atendimento médico e foi constatado o óbito. A equipe médica constatou ferimentos na barriga, nas mãos e na cabeça da vítima. Após concluírem que se tratava de uma suspeita de espancamento, a equipe acionou a Polícia Militar. 

Para polícia, o padrasto da criança contou que ela havia passado mal e vomitado depois do almoço e que ele aconselhou que ela se deitasse. Ele também contou que ligou para a tia da menina para falar que ela estava desacordada. Após ser preso, o acusado não quis mais prestar depoimento. 

O corpo da criança foi levado ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória e passará por exame cadavérico para determinar a causa da morte. O acusado foi levado a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória e depois para o Centro de Triagem de Viana, ele foi autuado por homicídio qualificado. O caso segue sendo investigado pela DHPP. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados. 

[[saiba_mais