Brasil

Homem é preso acusado de torturar companheira e ameaçar com motosserra

Segundo a polícia, ele trancou a vítima em um dos quartos do imóvel do casal e a agrediu com socos no rosto e chutes nas pernas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta segunda-feira (3), um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso acusado de torturar e ameaçar a companheira. O caso aconteceu em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu após o suspeito ver conversas da vítima em um aplicativo de mensagens com outro homem. 

Segundo a polícia, ele trancou a vítima em um dos quartos do imóvel do casal e a agrediu com socos no rosto e chutes nas pernas e chegou a ir ao banheiro buscar um espelho para quebrar na mulher.

A vítima contou para polícia que o criminoso fez com que ela falasse que o ajudaria a matar a pessoa com quem ela trocou mensagens. Durante as sessões de torturas, o autor ameaçou arrancar partes do corpo dela com um alicate caso ela não concordasse em atrair o amigo para que fosse morto.

A mulher informou ainda que o autor planejou que, após cometer o assassinato, cortaria o corpo do homem com motosserra e, a cada dia, ela teria que jogar um dos pedaços do corpo no valão. Caso ela se recusasse a colaborar com o crime, também seria serrada e que partes do corpo dela iriam ser jogados em um rio próximo a residência do casal.

Ela foi encaminhada para exame de corpo de delito, orientação psicológica e tratamento de saúde. 

O suspeito foi preso após a vítima conseguir, com ajuda de um amigo, acionar a equipe policial que capturou o agressor com um machado, duas motosserras e quatro estojos deflagrados de munição indeterminada.