Brasil

Homem é preso após atear fogo em corpo da companheira grávida

Segundo relato de parentes à polícia, ela teve cerca de 60% do corpo queimado

Agência O Globo

Um homem foi preso após atear fogo no corpo da própria companheira em Itaguaí , na Região Metropolitana do Rio. A vítima, de 26 anos, está gravida e teve, de acordo com parentes, cerca "60% do corpo" queimado. Segundo a Polícia Civil, o homem, identificado como Altair Ferreira da Silva , de 41 anos, foi encontrado no Hospital Pedro II, em Santa Cruz , na Zona Oeste do Rio, por agentes da 50ª DP ( Itaguaí ), nesta segunda-feira — contra ela havia um mandado de prisão preventiva.

O caso aconteceu no último dia 16 de junho, no bairro Engenho . Segundo o relato recebido pelos agentes, a vítima, Fernanda de Jesus Neves, estava na casa do casal conversando e bebendo com um homem no quintal. Na ocasião, Altair chegou à residência iniciou uma briga com a mulher, após expulsar o amigo dela.

Foto:  Divulgação/Polícia Civil
Em seguida, ele jogou álcool no corpo da companheira e ateou fogo. A vítima espera um filho do casal — está grávida de seis meses. Ela foi socorrida e levada para o hospital. Tanto ela quanto o bebê sobreviveram. Altair fugiu. Os dois mantinham um relacionamento há nove meses.

Após o crime, a mãe da jovem foi até a delegacia registrar o caso. Os agentes, então, iniciaram as apurações e encontraram o suspeito. Ele estava internado no hospital em decorrência de queimaduras sofridas na perna esquerda, no momento em que ateou fogo na mulher.



Segundo o delegado Marcos Santana, titular da delegacia de Itaguaí, Altair foi indiciado pelos crimes de tentativa de feminicídio e tentativa de aborto provocado em terceiros.