Brasil

Homem é preso após estuprar neta da companheira: 'a carne é fraca'

Vítima de 12 anos pode estar grávida do agressor

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um homem de 41 anos foi preso nesta terça-feira (18) após estuprar a neta da companheira. A vítima tem 12 anos de idade. Marcos Aparecido do Nascimento confessou o crime à polícia e alegou que 'a carne é fraca', além de dizer que os abusos aconteceram 'inúmeras vezes, não sabendo precisar a quantidade'. O crime aconteceu em Sorriso (MT). As informações são do Portal G1 Mato Grosso.

A denúncia foi realizada pela mãe da criança após ser avisada pela escola que a menina estava faltando às aulas da escola. Em conversa com a mãe, a vítima relatou os abusos. A menina contou também que os abusos aconteciam na casa do marido da avó enquanto ela estava no trabalho.
 
Em depoimento à polícia, a mãe contou que o abuso sexual vinha ocorrendo há cerca de 30 dias e o suspeito dava dinheiro para a vítima e ameaçava entregar a mãe da menina à polícia.

Ao G1, a polícia militar disse que a vítima foi encaminhada pra um um hospital para realizar exames, pois ela pode estar grávida. O Conselho Tutelar acompanha o caso e a Polícia Civil investiga o crime.