Brasil

Homem é preso após se fingir de motorista de aplicativo e abusar de vítima

Mulher procurou a polícia e forneceu placa do carro aos agentes

- Atualizada em

Um homem foi preso em flagrante suspeito pelo crime de estupro de vulnerável, nesta quarta-feira, informou a Polícia Civil. De acordo com a delegacia responsável pelas investigações, ele foi capturado depois de ter "praticado atos libidinosos" contra uma mulher, após fingir ser motorista de aplicativo.

Segundo a polícia, ele abordou a vítima na saída do Jeunesse Arena, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Na ocasião, conforme informações dos agentes, ele fingiu ser o motorista do veículo de aplicativo que havia sido solicitado pela vítima.

Ele se aproveitou da embriaguez alcoólica da mulher e abusou dela durante o trajeto. No aparelho celular do preso, foram encontradas "diversas imagens que comprovam os abusos", enquanto a mulher dormia no interior do automóvel.

No mesmo dia, a vítima procurou a delegacia do Méier e forneceu aos agentes a placa do carro. Com o dado em mãos, os policiais realizaram buscas e localizaram o veículo — o motorista utilizou o automóvel que está em nome do irmão para praticar o crime.