Brasil

Homem é preso por estuprar jovem para 'corrigir' a orientação sexual dela

Ele disse que jovem não poderia "decidir" ser lésbica antes de ter experiência sexual com um homem

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última sexta-feira (12), um homem de 52 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso suspeito de estuprar uma adolescente, 17 anos. O crime aconteceu no dia 31 de janeiro, na zona rural de Elói Mendes, em Minas Gerais. De acordo com informações da Polícia Civil ao Metrópoles, o abuso foi motivado supostamente por o suspeito não concordar com a orientação sexual da jovem.

O suspeito, que é amigo da família da adolescente, e a vítima foram para um passeio de bicicleta pelas estradas próximas ao sítio da avó dela. No trajeto, ele começou a fazer perguntas sobre a orientação sexual dela e disse que ela não poderia "decidir" ser lésbica antes de ter experiência sexual com um homem. 

“Em seguida, o suspeito cometeu uma série de atos libidinosos contra a vítima. Ele ainda teria proferido diversas ofensas de cunho homofóbico durante os abusos”, informou a polícia de Minas Gerais, por meio de nota ao Metrópoles. A jovem e seus familiares prestaram depoimento para polícia. 

“Ficou evidenciado que o homem havia praticado o estupro com a motivação de ‘corrigir’ a vítima em razão de sua orientação sexual, e, ainda, que ele estaria assediando familiares para dissuadir a adolescente da ideia de levar o caso adiante na polícia”, contou o delegado Jorge Bruno Barbosa da Silva.