Brasil

Homem é preso por matar companheira asfixiada e esconder o corpo por ciúmes

De acordo com a Polícia Civil, Maria Helena estava desaparecida desde o mês de setembro de 2019, quando ocorreram os fatos.

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

No último sábado (2), um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso suspeito de matar a companheira, Maria Helena Carvalho, de 28 anos, asfixiada e esconder o corpo em um poço artesiano. O crime aconteceu em Apucarana, região norte do Paraná. 

De acordo com a Polícia Civil do Paraná, Maria Helena estava desaparecida desde o mês de setembro de 2019, quando ocorreram os fatos. Em depoimento à polícia, o homem confessou que assassinou a companheira e que tinha escondido o corpo em um poço artesiano em um sítio abandonado da cidade. Após o depoimento, os agentes foram até o local indicado e encontraram o corpo. 

Ainda segundo a PC do Paraná, o casal havia se desentendido por ciúmes, razão que motivou no crime. Depois do fato, o homem teria fugido da cidade e estaria morando em São Francisco do Sul (SC), onde foi preso. Ele já tinha um mandado de prisão em aberto por tentar matar a primeira companheira, que também foi cumprido. O homem poderá pegar até 30 anos de prisão.