Brasil

Homem é preso suspeito de estuprar mulher enquanto recitava versículos bíblicos

Orival Pereira da Silva já cumpria pena em regime semiaberto por tentativa de estupro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um detento do regime semiaberto, identificado como Orival Pereira da Silva, foi preso suspeito de estuprar uma babá, de 44 anos, que saia  da igreja. De acordo com informações Polícia Civil ao G1 Goiás, o homem recitava versos bíblicos e ameaçava a vítima de morte enquanto cometia o crime. O estupro aconteceu no dia 19 de maio, no Setor Centro-Oeste, onde a vítima morava, em Goiás.

Na última sexta-feira (24), a polícia cumpriu o mandado de prisão preventiva de Orival, na Colônia Agroindustrial. Ele já utilizava tornozeleira eletrônica em cumprimento de uma pena por tentativa de estupro. Além disso, o homem tem passagens na polícia por furto e roubo.

Foto: reprodução
Ainda segundo informações da polícia ao G1 GO, o homem foi ouvido informalmente e preferiu ficar em silêncio.

Crime

A mulher foi abordada enquanto voltava de um culto religioso, com uma Bíblia na mão. Orival Pereira da Silva utilizou uma faca para abordar a mulher. Câmeras do local registraram o momento que Orival obriga a mulher ir até um terreno baldio.

A delegada Paula Meotti, responsável pelo caso, disse ao G1 GO que, após o crime, a mulher foi liberada e chegou em casa “em choque”. O filho da vítima percebeu, a levou ao hospital e depois ouviu dela o que tinha acontecido. Em seu depoimento na delegacia, a mulher contou detalhes do crime.
Foto: Polícia Civil / Divulgação



“Ele dizia versos da Bíblia enquanto cometia o crime. Falava que sabia que estava errado, mas que mesmo assim iria fazer, porque não estava preocupado, que era perigoso, que ia matá-la caso contasse algo e que havia matado uma pessoa minutos atrás”, disse no depoimento.

A vítima passou por exame de corpo de delito e o ficou constatado a violência sexual. A condenação por estupro varia de 6 a 10 anos.