Brasil

Homem é preso suspeito de incendiar companheira em casamento

Os dois trabalham como caseiros no local onde o crime aconteceu

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um homem, identificado como Ioneto de Moura Silva, foi preso suspeito de incendiar a própria companheira durante uma festa de casamento que aconteceu em uma chácara de Indaiatuba (SP), no último domingo (1º). As informações são do UOL.

Os dois trabalhavam como caseiros no local onde aconteceu a festa. "Ela foi chamar ele para entrar, para parar de incomodar o pessoal. Ele estava transtornado e falando que não ia entrar. Falou que ia atear fogo no trator e discutiu comigo. Eu virei as costas e fui embora para evitar confusão. Voltei para o sítio e, quando entrei, estava conversando com o pessoal e vimos uma fumaça preta subindo lá de baixo. Quando olhei, ela estava rolando no chão pegando fogo", disse Vinícius Santos Miguel, jardineiro que comemorava a festa de casamento, ao UOL.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O jardineiro e outros convidados ajudaram a vítima, de 57 anos. Ela estava encharcada de gasolina, segundo Vinícius. O suspeito foi detido pela Guarda Municipal de Indaiatuba e preso em flagrante. "A mulher foi socorrida 40 minutos após o crime, consciente. O homem foi encontrado dentro da própria casa", contou ao UOL o guarda municipal de Indaiatuba Paulo Ricardo Villalva.

O caso foi registrado como tentativa de feminicídio. A assessoria do hospital disse que a vítima está em estado grave e aguarda transferência para uma unidade especializada.