Brasil

Homem é preso suspeito de matar mulher que se recursou transar com ele

A vítima foi encontrada nua e com a cabeça esmagada

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um homem foi preso suspeito de matar mulher, que foi encontrada nua e com a cabeça esmagada em um loteamento de Águas Lindas de Goiás, na última segunda-feira (15). De acordo com informações da Polícia Civil ao G1 Goiás, o homem confessou ter matado a vítima com pedradas na cabeça após ela se recusar a fazer sexo com ele. A identidade dos envolvidos não foi divulgada.

Ainda segundo o G1 GO, as investigações apontam que o homem e vítima saíram para comer uma pizza e tomar bebidas alcoólicas no dia do crime. Ele contou aos policias que levou a mulher para uma região afastada de urbanização com a intenção de ter relações sexuais com ela, mas que seu desejo foi recusado. Irritado com a atitude da vítima, o suspeito disse que começou a bater na cabeça dela com pedras e, depois que ela morreu, tirou as roupas dela e fugiu.



A vítima foi encontrada por uma equipe da Polícia Civil que fazia ronda na região. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para realização de exames para comprovação de estupro, mas os resultados ainda não podem ser divulgados.

A Polícia Técnico Científica contou que "pelo estado do crânio, não é possível o reconhecimento por meio de familiares". Até o momento não há informações do uso de outros métodos na identificação do corpo.