Brasil

Homem é preso suspeito de matar outro com golpes de capacete por ciúmes da companheira

O frentista está preso e irá responder por homicídio qualificado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br )

Um vidraceiro, identificado como Eder Vasconcelos Lima, foi preso suspeito de matar o frentista Marcos Antônio Alves com golpes de capacete, em Goiânia (GO). De acordo com a Polícia ao G1 Goiás, o motivo do crime seria por que o homem teria assediado sua esposa. O chegou a ser socorrido, mas morreu quatro dias depois.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Em um vídeo gravado pelo celular de pessoas que assistiram à cena, é possível ver a vítima deitada no chão depois de ser agredido e o suspeito em pé em cima dele. 

Segundo as autoridades, Eder que estava em um carro foi atrás do homem que estava de moto e ainda proibiu que outras pessoas ajudassem a vítima a levantar enquanto ele batia. 

“Ele pegou o capacete da vítima e começou as agressões, xingando ele de vagabundo, falando que ele tinha mexido com a mulher dele. Tudo isso à luz do dia, na frente de muitas pessoas”, contou o delegado Murillo Leal Freire.

Ainda conforme a Polícia, com a chegada de mais pessoas no local, ele fugiu. “Fizemos buscas na casa dele, na região, mas não o encontramos. No dia 2 de dezembro ele se apresentou à polícia com um advogado, mas nós já tínhamos o mandado de prisão contra ele, que foi cumprido naquele momento”, completou o delegado.

O frentista está preso e irá responder por homicídio qualificado, pois o crime foi por motivo fútil e de maneira cruel.