Brasil

Homem espanca companheira e a abandona em estrada

Se condenado, o agressor pode pegar até 20 anos de prisão por tentativa de feminicídio

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma mulher de 36 anos foi espancada e abandonada em uma estrada em  Dores do Rio Preto, Sul do Espírito Santo. Ao G1 Espiríto Santo, a Polícia Civil local disse que o companheiro da vítima é principal suspeito do crime e motivação do espancamento seria ciúmes.

Foto: Divulgação/Rede Social e Polícia Militar

A polícia pediu a prisão de  Jonas Amaral, que ainda não foi localizado. Mesmo fora de perigo, a vítima segue internada em Minas Gerais. Ao portal de notícias, testemunhas teriam visto os dois em uma festa e, em determinado momento, Jonas puxou Jane para dentro de um carro e saiu.

O delegado explicou que teria sido nesse momento que Jonas espancou Jane e a abandonou na beira de uma estrada, com o carro do casal. Foram os irmãos da vítima e o pai do suspeito que a encontraram. Eles iniciaram buscas na região depois que Jonas mandou uma mensagem para um dos cunhados."O irmão contou, em depoimento, que o Jonas mandou uma mensagem para ele falando que Jane não soube valorizá-lo, que tinha feito o que fez porque havia sido traído", relatou o delegado.

Jonas Amaral é o principal suspeito da tentativa de feminicídio — Foto: Divulgação/Rede Social

O casal estava há um ano e meio junto. O irmão ainda relatou ao delegado que Jane nunca se queixou do companheiro. Ainda de acordo com o G1, o pai de Jonas falou, em depoimento à polícia, que o filho ligou para ele e contou o que tinha feito. "Ele ainda contou para o pai que, depois do fez, tinha a intenção de tirar a própria vida", disse o delegado. Se condenado, o agressor pode pegar até 20 anos de prisão por tentativa de feminicídio.