Brasil

Homem invade cemitério, retira corpo da avó e dança com o cadáver no meio da rua

De acordo com familiares, suspeito sofre de transtornos psicológicos

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Um homem de 32 anos invadiu um cemitério em Manaus (AM) na madrugada  desta quinta-feira (2), quebrou o túmulo onde a avó estava enterrada, desenterrou o corpo e dançou com o cadáver no meio da rua.  As informações são do G1 Amazonas.

Ao G1, a polícia informou que, após ser visto dançado com o corpo avó que morreu em 2018, ele queria levar o cadáver até o hospital com o intuito de doar os próprios órgãos à avó e trazê-la de volta à vida.

À polícia, os familiares do suspeito disseram que o suspeito possui problemas psiquiátricos e costumava ir ao cemitério para conversar com a avó.

“Ele estava completamente transtornado e dizia o tempo todo que queria fazer na avó um transplante para trazê-la de volta à vida porque sentia muita saudade. Ele disse que iria doar todos os seus órgãos a ela”, contou o tenente Paulo Araújo, da 2ª Cicom, ao G1.

Durante o ocorrido, o homem chegou a ser amarrado em um poste por familiares e moradores para ser contido até a chegada  da polícia. Testemunhas relataram à polícia que ele já havia tentado retirar o corpo da avó outras vezes.


Após o ocorrido, o homem foi levado para uma instituição de saúde e, após receber alta, irá prestar depoimento à polícia. De acordo com o delegado do caso, caso seja comprovado o transtorno psiquiátrico, ele não será responsabilizado pelo crime.

“Ele não é passível de responsabilidade penal porque um dos requisitos para isso é a culpabilidade. O indivíduo em questão não tem essa condição de receber uma sanção penal. Talvez receba uma medida de segurança”, disse ao G1.