Brasil

Homem joga ácido e tenta atirar em ex-companheira

Júlio César Villanova, de 55 anos, se matou depois do ocorrido

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última quinta-feira (25), Júlio César Villanova, de 55 anos, jogou ácido e tentou atirar na ex-companheira, em Sobradinho, no Distrito Federal (DF). De acordo informações da Polícia Civil, cedidas ao G1 DF, a arma falhou no momento do disparo. Momentos depois, Júlio se matou.

Ainda segundo informações do G1 DF, a ex-mulher de Júlio, Cássia Regina da Silva, conseguiu sair do local do crime e pedir socorro aos vizinhos. Ela foi levada para o Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e encontra-se em estado grave. Os dois tiveram um relacionamento de 15 anos e estavam separados há dois anos.

Foto: reprodução / TV Globo
O crime foi registrado na 13ª Departamento de Polícia (DP), em Sobradinho, como tentativa de feminicídio. A vítima passou por exames para identificar o tipo de ácido utilizado e a arma do crime foi apreendida. Familiares de Júlio César relataram ao G1 que ele sofria depressão.