Brasil

Homem mata esposa e filha minutos depois de homenagem nas redes sociais

Ainda não se sabe o que motivou o ex-vereador da cidade paulistana a cometer o crime

Redação iBahia (variedades@portalibahia.com.br)

Um agente penitenciário foi acusado de matar a filha e a esposa na tarde do último domingo (13), final de semana em que foi comemorado o Dia dos Pais. O crime aconteceu na casa da família, na cidade de Guaraci, em São Paulo.

Segundo informações da polícia, Ronaldo da Silva Corrêa, de 49 anos, atirou contra as vítimas, Rosicleia da Silva, de 46 anos e Anna Victoria Corrêa, de 18 anos, e em seguida tentou tirar a própria vida com um tiro na cabeça. O suspeito do crime foi socorrido ainda com vida e levado para a Santa Casa de Barretos, mas morreu na noite do domingo.

Minutos antes de ser morta a tiros pelo pai, Anna Victoria havia homenageado Ronaldo em seu perfil nas redes sociais. No texto, a jovem comemorava a data do dia dos pais com uma foto ao lado do agente penitenciário. "Feliz Dia dos Pais, meu negão", dizia a mensagem. Ainda não se sabe qual a motivação do crime.

(Reprodução: Facebook)

O crime deixou a cidade de Guaraci, onde Ronaldo já atuou como vereador entre 1997 e 2000, assustada. Além de Anna, o casal tinha um filho de 5 anos. Segundo informações do site 'G1' o garoto teria presenciado a cena do crime e correu para pedir ajuda aos vizinhos. A criança, que não teve seu nome revelado, está com parentes até que a Justiça decida com quem ele irá ficar.