Brasil

Homem que matou esposa contatou irmão após o crime: 'Matei Dayse'

Conversa foi divulgada pelo irmão do suspeito nesta terça-feira (16)

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

O suspeito de matar a esposa na noite da última segunda-feira (15) em um motel, no agreste paraibano, enviou mensagens para o irmão informando que matou a mulher. Ele ainda contou que iria se matar em seguida com um revólver. As informações são do G1 PB.

A conversa do WhatsApp foi divulgada à TV Paraíba pelo irmão de Aderlon Bezerra de Souza, de3 42 anos, na manhã de hoje (16). As imagens mostram que o homem enviou "Ei, matei Dayse, estou me suicidando agora" antes de tentar ligar para o irmão duas vezes. O rapaz continua enviando mensagens e diz "Estou no parque motel, suíte 24, agora não tem mais jeito. ‘Xau mano’". Em seguida, o irmão pergunta com quem ele está e Aderlon responde: "revólver".

Foto: Divulgação/TV Paraíba

De acordo com a polícia, Aderlon planejou a morte da esposa. Segundo o irmão do rapaz, ele abraçou a mãe no dia do crime como se estivesse se despedindo. O casal deixa duas filhas.

A delegada responsável pelo caso informou que o homem teria utilizado um revólver calibre 38 para atirar na boca da mulher e, em seguida, deitou ao lado da esposa e atirou na própria boca.

Ainda segundo a investigação, o casal estava separado há nove dias, mas de acordo com a família, não vivia na mesma casa há cerca de um ano.