Brasil

Homem se nega a usar máscara em supermercado, esfaqueia gerente e é morto

O uso do item é obrigatório no estado do Rio Grande do Sul

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um homem de 36 anos esfaqueou um gerente e foi morto após se negar a usar máscara para entrar em um supermercado localizado na cidade de Vacaria (RS). O caso aconteceu neste sábado (20) e as informações são do jornal Estadão.

De acordo com a apuração do Estadão, a polícia civil informou que o uso do item de segurança contra o novo coronavírus foi a o que motivou a briga e o crime. O uso de máscara é obrigatório no estado do Rio Grande do Sul.

De acordo com a polícia civil,  Aldori Somavilla Cardoso entrou no estabelecimento sem máscara e foi advertido pelo gerente sobre a obrigatoriedade do uso do item. Ao se dirigir ao caixa, ele foi novamente alertado pelo gerente que pediu para ele usar a máscara ou, então, sair do local.

O suspeito se negou a usar o item e, então, os dois começaram a discutir e ele acertou o gerente com uma faca. De acordo com a apuração do Estadão, o homem foi atingido na região do tórax e do abdômen.

Mesmo ferido, o gerente sacou um revólver calibre 38 e atingiu o suspeito que caiu na porta do supermercado. Cardoso não resistiu aos ferimentos e morreu, já o gerente, que não teve o nome divulgado, permanece hospitalizado.