Brasil

Idoso de 61 anos é preso suspeito de estuprar bebê e a irmã dela

O delegado Arthur Fleury, que investiga o caso, disse que o idoso foi preso após a avó das crianças levar a bebê ao médico, onde foram identificadas as lesões

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última sexta-feira (13), um idoso de 61 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso suspeito de estuprar uma bebê de 9 meses e a irmã dela, de 5 anos. O caso aconteceu em uma zona rural de Abadia de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia. De acordo com informações da Polícia Civil ao G1 GO, o suspeito é companheiro da avó das vítimas.

O delegado Arthur Fleury, que investiga o caso, disse ao G1 Goiás que o idoso foi preso após a avó das crianças levar a bebê ao médico, onde foram identificadas as lesões. O médico acionou o Conselho Tutelar, que repassou o caso à polícia.

“A bebê foi ao médico, porque a avó viu que ela estava chorando bastante e a levou ao médico para ver o que era. O médico constatou um sangramento, e a gente foi atrás e encontrou esse senhor, que morava com a avó das duas crianças”, disse o delegado.

A polícia está investigando se o suspeito abusou sexualmente da irmã da bebê, que, inclusive, já relatou para parentes que o companheiro da avó mexeu em nas partes íntimas dela.



O exame do Instituto Médico Legal (IML) não foi constatada a conjunção carnal, mas após diligências e ouvir testemunhas, a polícia constatou a prática de atos libidinosos e fez a prisão em flagrante. O suspeito já tem passagens por estupro de vulnerável.

Ainda segundo o G1 GO, na casa do suspeito, a polícia ainda encontrou três armas de fogo. Ele vai responder por estupro de vulnerável e posse ilegal de arma de fogo. Se for condenado, ele pode cumprir pena de até 15 anos de prisão.