Brasil

Influencer é presa após tentar colocar fogo em produtora movida por ciúmes

Ana Ottoni já havia prestado serviços para empresa, que desenvolve produtos de conteúdo erótico, e acabou se envolvendo com um dos sócios

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A Influencer Ana Ottoni foi presa, na última terça-feira (6), após tentar incendiar o escritório da produtora Califórnia TV, localizada em Natal (RN) por ciúmes. 

De acordo com informações do 'O Dia', Ana Ottoni já havia prestado serviços para empresa, que desenvolve produtos de conteúdo erótico e acabou se envolvendo com um dos sócios. Atualmente, inclusive, ele tem sua própria produtora de conteúdo. 

Em entrevista ao jornal, ela explicou o que aconteceu. "Namorei o Thiago (sócio da produtora) durante o período. Ele sempre foi assediado pela Japinha que enviava fotos e vídeos eróticos, que ele me mostrava e sempre disse que jamais teria algo com ela. Estava em um resort em Natal (RN) com um grupo de amigos, quando ele apareceu sem avisar e saiu. Minutos depois a Japinha me enviou um video deles transando e me afrontou, falou absurdos e eu não aguentei e fui a produtora tirar satisfações e deu nisso", declarou a influencer.  

Além da suposta traição, a "Japinha" foi contratada pela produtora para ser apresentadora, o que gerou raiva em Ana. Ela pegou um galão de gasolina e tentou atear fogo no escritório da produtora. 

As pessoas que estavam no local mobilização ela e chamaram a polícia. Ela foi levada para Delegacia de polícia da cidade de Natal (RN), onde após ser ouvida foi liberada por não ter antecedentes criminais. A influencer chegou a filmar e divulgar o momento da prisão.