Brasil

Irmãs morrem abraçadas em incêndio na Paraíba

Uma vela acesa no quarto das crianças provocou o incêndio após cair e incendiar o colchão onde dormiam as irmãs

Redação do Correio 24 Horas
- Atualizada em

Duas irmãs, de 8 e 9 anos, Maria Cecilha e Maria Vitória, morreram carbonizadas na noite desta quarta-feira (8) em uma casa no bairro Treze de Maio, na comunidade de Riachinho, em João Pessoa (PB), durante um incêndio provocado por uma vela na residência. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as crianças não conseguiram escapar quando o incêndio se alastrou. Os corpos, carbonizados, foram encontrados abraçados no quarto.

A mãe das crianças, Cibele Campos de Oliveira, empregada doméstica de 26 anos, e um outro filho, de seis anos, dormiam na sala no momento do acidente e conseguiram escapar com vida. Segundo ela, uma das meninas tinha medo de dormir no escuro e pediu para a mãe deixar a vela acesa, pois a residência estava com a energia cortada em função da falta de pagamento.

O Corpo de Bombeiros acredita na hipótese de que o gato de estimação da família teria derrubado a vela no colchão do quarto, provocando o incêndio. O Instituto de Polícia Científica (IPC) esteve periciando o local para determinar a causa real do acidente.