Brasil

Japonês que mora no Brasil venceu a Covid-19 e a gripe espanhola

Yoshio viveu as duas pandemias; na primeira, chegou a ser dado como morto

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Certamente você contará para os seus filhos e netos que sobreviveu a pandemia da covid-19, e se tiver pego a doença, a história será dita com mais orgulho ainda. Já o japonês Yoshio Nishii pode contar que sobreviveu não só a do covid-19, mas também a da gripe espanhola, no início do século passado. Ele está com 102 anos e mora em Curitiba há 28 anos.

Nascido na cidade de Osaka, Yoshio teve gripe espanhola ainda recém-nascido, em 1918, e chegou a ser dado como morto até o velório, quando mexeu um braço e foi visto pelo tio. Dessa forma, o japonês sobreviveu à doença que ceifou 50 milhões de vidas.

A segunda infecção por uma doença pandêmica veio em dezembro de 2020, quando testou positivo para a covid-19. "Ele quase não sentiu muito, só febre e um pouquinho de cansaço", contou para a afiliada da Rede Globo, RPC Curitiba, o filho do idoso, Keiichiro Nishii. Assim como Yoshio, a esposa Elisa, de 93 anos, também teve sintomas leves e se recuperou da doença.

Ainda de acordo com o depoimento do filho, não há um grande segredo deste guerreiro. "Ele acha que [o ideal é] sempre pensar positivo e não ficar remoendo as coisas da vida".