Brasil

Jogadora da seleção de vôlei reclama de racismo em loja: 'toda vez'

Atleta mostrou nas redes sociais que estava sendo seguida por segurança

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

A jogadora de vôlei Drussyla Costa, que atua na seleção brasileira, desabafou nas redes sociais sobre o racismo que ela sofreu nas Lojas Americanas. A atleta filmou o segurança do estabelecimento seguindo ela e a família dentro do local. As informações são do Extra.

"Toda vez que eu venho é esse inferno. O segurança já passou por mim três vezes. Fica me seguindo, uma palhaçada, porque sou preta. E toda minha família é preta. É assim que a gente vive nesse brasilzão. Que vexame", desabafou a atleta, que já foi atleta de praia e quadra.

Já no carro, Drussyla ponderou sobre como o trabalho do segurança é feito. "Ele está fazendo o trabalho dele, tem que prestar atenção nas pessoas, mas ficou no meu pé e no da minha família. Ficou nos seguindo e seguindo. Sempre assim. Essa é a realidade que a gente vive", disse.

As Lojas Americanas se manifestaram através de comunicado. “A Americanas informa que o respeito está na base da sua cultura e que repudia todo e qualquer ato de discriminação”.