Brasil

Jovem confessa ter estuprado e matado a facadas tia de 64 anos

'Não tinha intenção, mas deu vontade', contou o homem para polícia

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última quinta-feira (25), um homem de 24 anos, que não teve identidade revelada, confessou que estuprou e matou a facadas a tia de 64 anos. De acordo com informações da polícia ao G1 MS, o crime aconteceu na última sexta-feira (19), em Nova Andradina, no Mato Grosso do Sul. 

Ainda segundo o G1 MS, o homem contou para polícia que no dia do crime chegou à casa da tia após ter consumido bebida alcoólica, que pulou o muro e ao entrar no imóvel violentou-a sexualmente. Ele ainda disse que usou uma faca para matá-la ao notar que foi reconhecido pela vítima. 

Foto: Divulgação/Polícia Civil

A delega da Delegacia da Mulher (DAM) de Nova Andradina, Daniella Nantes, contou ao G1 MS, que o jovem observou a idosa no momento em que ela levantou-se à noite para ir até a cozinha, arrombou uma das portas e agarrou a idosa. Em luta corporal, os dois caíram ao chão e a idosa reconheceu-o, chamou pelo nome e disse que contaria para a mãe dele. 

De acordo com a polícia ao G1, para tentar escapar do jovem, a idosa pegou uma faca de serra, mas ele a tomou de sua mão e a feriu com um corte profundo no pescoço. O homem não terminou o ato sexual, mas chegou a ejacular nas partes íntimas da vítima. 

Ele, já tem passagens na polícia por tentativa e estupro e por invasão de propriedade, deve responder por estupro seguido de morte.