Brasil

Jovem de 22 anos desaparece após dar carona combinada pelo WhatsApp

Ela levaria um casal, mas no dia da viagem a mulher desistiu e só o homem foi

Redação do Correio 24 Horas

Kelly Cristina Cadamuro, 22 anos, está desaparecida desde a tarde da quarta-feira (1º), depois de programar uma viagem com carona através de um grupo do WhatsApp. Ela saiu de Guapiaçu, em São Paulo, para chegar a Itapagipe (MG). 


Familiares contaram à polícia que Kelly fazia parte de um grupo de carona no aplicativo e combinou de levar um casal na sua viagem para a cidade mineira. No dia de partir, a mulher desistiu e foi somente o homem, que ela não conhecia previamente. Seu último contato com a família foi quando parou para abastecer o veículo em um posto na BR-153. Parentes tentaram entrar em contato com ela novamente, sem sucesso.

Câmeras de segurança de um pedágio em Minas mostram quando Kelly passou dirigindo. O carro dela voltou depois, passando novamente no pedágio, mas um homem estava dirigindo. 

O veículo foi achado abandonado, sem as quatro rodas, o rádio e o step em uma estrada rural entre São José do Rio Preto e Mirassol, ambos em São Paulo. A polícia faz buscas na região pela jovem, que segue desaparecida.