Brasil

Jovem é achada nua e alega ter sido estuprada e enterrada viva

Segundo a Polícia Militar, a mulher tinha uma marca no pescoço que aparentava que ela havia sido enforcada com uma corda, além de diversos hematomas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

No último sábado (21), uma mulher de 22 anos, que não teve o nome divulgado, foi encontrada nua com ferimentos no pescoço e pelo corpo. O caso aconteceu em Uchoa, no interior de São Paulo. De acordo com informações da Polícia Militar ao G1 São Paulo, a vítima alega que foi estuprada por dois homens e enterrada viva.

Ela apareceu apareceu nua, ensanguentada e suja de terra em uma propriedade rural onde mora um casal e pediu ajuda. A Polícia Militar foi acionada e a encaminhou ao pronto-atendimento de Uchoa e depois transferida para o Hospital de Base em Rio Preto, por causa dos ferimentos. O estado de saúde dela é estável.

Foto: reprodução
Segundo a Polícia Militar, a mulher tinha uma marca no pescoço que aparentava que ela havia sido enforcada com uma corda, além de diversos hematomas. Ela não disse quem são os homens e nem se os conhece.

 A Polícia Civil vai abrir um inquérito para apurar o caso. "Ainda é cedo para falarmos qualquer coisa, até porque a mulher ainda não foi ouvida pela Polícia Civil, mas vamos ouvi-la e o caso será investigado", explicou o delegado Ericson Sales Abufares ao portal UOL.