Brasil

Jovem é preso suspeito de estuprar idosa com esquizofrenia

"Ele confessou. Contou como aconteceu, disse que deu uma coisa na cabeça dele e acabou cometendo o ato", disse o delegado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Nesta segunda-feira (10), um homem de 23 anos foi preso suspeito de agredir e estuprar uma idosa, de 65 anos. O caso aconteceu em Caldas Novas, em Goiás. De acordo com informações da Polícia Civil ao G1 Goiás, a vítima sofre de esquizofrenia e foi "atacada" após o suspeito pedir um copo de água na porta da residência dela.

O delegado Rodrigo Pereira, responsável pelo caso, contou ao G1 que o homem confessou o crime. “Ele confessou. Contou como aconteceu, disse que deu uma coisa na cabeça dele e acabou cometendo o ato. Ele estava passando e viu a idosa na porta, começou a conversar com ela e pediu água. Depois arrastou ela para dentro da casa, derrubou ela no sofá e a estuprou”.



A idosa, que sofre de limitações na fala por causa da esquizofrenia, prestou depoimento para polícia e disse que foi arrastada e levou tapas do homem.

A polícia estava investigando o homem desde 30 de janeiro deste ano, quando o crime aconteceu. O inquérito será concluído nos próximos dez dias e o suspeito pode ser indiciado pelo crime de estupro agravado pela idade da mulher ou por estupro de vulnerável, por causa da esquizofrenia.