Brasil

Jovem é suspeito de simular luta para matar professor de kung fu

Adolescente foi preso após confessar que deu golpes de canivete na vítima

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
Um adolescente de 17 anos foi preso após ser localizado na última quarta-feira (18) pela polícia, suspeito de assassinar o professor de kung fu Hercules Amoroso, de 31 anos, com golpes de canivete. O jovem confessou o crime, que teria acontecido no dia 24 de fevereiro, no município de Peruíbe (SP). As informações são do G1 Santos.
Foto: Reprodução/Arquivo pessoal
O jovem confessou ter simulado uma luta de kung fu com Hercules para que pudesse matá-lo com golpes de canivete. Segundo o depoimento do suspeito, ele bebia com a vítima e outro conhecido e teve a ideia de matar o professor.
Os três saíram do local onde bebiam e foram até uma praia. Lá, o adolescente sugeriu a luta e propôs para Hercules o desafio de sair de um 'mata leão', golpe de estrangulamento comum em artes marciais. Após imobilizar a vítima, o jovem tirou o canivete do bolso e deu golpes no pescoço de Hercules.
Foto: Divulgação/Polícia Civíl
A vítima ainda sofreu golpes na cabeça e braços e tentou sair do mata leão, sem sucesso, pois estava embriagado. O suspeito levou o corpo de Hercules para o mar e o afogou. Após isso, ele fugiu e deixou a vítima no local.