Brasil

Jovem mata namorada com coleira de cachorro e dorme ao lado do corpo

Rapaz usou um fio de celular para tentar esganá-la, como não conseguiu, optou pela coleira de cachorro

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
 Um jovem de 18 anos é suspeito de ter matado a namorada com uma coleira de cachorro e, em seguida, ter dormido ao lado do corpo. De acordo com o G1 Mato Grosso do Sul, Jheniffer Cáceres de Oliveira de 17 anos, foi assassinada pelo  namorado, Paulo Eduardo dos Santos, de 18 anos, em Sidrolândia, cidade a 70 km de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.
Ao G1, delegado que conduz a investigação diz que rapaz usou um fio de celular para tentar esganá-la. Quando não conseguiu, usou uma coleira de cachorro para apertar o pescoço da adolescente, até matá-la.
Foto: Reprodução
Ainda segundo o delegado Diego Dantas, o suspeito teria discutido com a namorada em um bar e que ao chegar em casa, as discussões continuaram. Ele disse à polícia que a adolescente teria jogado um cabo de vassoura nele e usado uma faca para ameaçá-lo e afirmou que o crime foi em legítima defesa. 
O suspeito dormiu ao lado do corpo desde a madrugada do sábado (30). O corpo só foi descoberto nesta segunda-feira porque vizinhos sentiram mau cheiro na residência do casal e acionaram a polícia.
Paulo Eduardo foi preso na tarde de segunda-feira (1º) perto da residência e responderá pelos crimes de feminicídio e ocultação de cadáver. As informações são do G1 Mato Grosso do Sul.