Brasil

Jovem posta foto com comentário racista e perde emprego

Caso foi no Espírito Santo durante o Carnaval

Redação Correio 24h

Um rapaz identificado como Lucas Almeida, que postou uma foto nas redes sociais durante o Carnaval insinuando que seria roubado por um grupo de negros, foi demitido do local de trabalho em Vitória, no Espírito Santo. A empresa, cujo um dos sócios é negro, divulgou comunicado explicando a decisão. O rapaz era estagiário da Studio Vitoria.

Um dos negros que aparece na foto, Iarley Duarte, foi quem denunciou a situação. “Infelizmente ninguém está livre do racismo e do preconceito, esse babaca chegou em nós no bloco, pediu uma foto com a gente, sem nos conhecer, sem nunca ter visto nós…, filhinho de papai. Somos pretos, somos favelados e temos muito orgulho“, diz Iarley. Na foto, o rapaz que tira a foto aparece na frente, com o grupo de negros atrás. "Vou roubei seu celular", diz uma legenda na imagem.



“Ele quis dizer que antes de terminar a frase, a gente já tinha roubado o celular dele”, explica Iarley, A conta de Lucas foi removida do Instagram depois da polêmica. Ele também compartilhou a foto no Facebook.

"Eu, Fabrício Affonso, negro, nascido em bairro de periferia da cidade de Alegre, sócio-proprietário da empresa Studio Vitória, considero inadmissível a conduta de qualquer funcionário da empresa nesse sentido. Sei o quanto a minha cor é carregada de estigma e sei quantas barreiras tive que enfrentar para chegar aonde cheguei", diz o texto do sócio da empresa. "Conheço meus funcionários a nível pessoal, e acredito que a postagem tenha sido profundamente infeliz, beirando a ingenuidade, mas novamente, a empresa não pode compactuar com esse tipo de comportamento irresponsável e muito menos responder por ele. Podem ter certeza que tomaremos as medidas necessárias. Não nos interessa um funcionário com tal perfil. Nem a imaturidade, nem o carnaval e nem a bebida é desculpa para o racismo. Nada é desculpa para o racismo", diz a mensagem. De acordo com o Estadão, o rapaz foi desligado da equipe.

Leia o texto na íntegra:





Desculpas

Através de seu perfil no Facebook, o autor do post escreveu uma nota em que pede "sinceras desculpas às pessoas que apareceram na foto" e a quem mais tenha se incomodado. No texto, ele diz que a frase usada no post, "vou roubei seu celular", faz parte de uma brincadeira que é comum na internet e que não teve intenção de ofender.

"Não tenho, não exerço e me oponho a qualquer manifestação de preconceito, seja ele de raça/etnia, de religião, de gênero, de orientação sexual, de classe ou de capacidade [...] . A frase de meu post replica um meme famoso veiculado na internet, que usei para fazer uma referência a mim mesmo [...] , indicando que a brincadeira era para criticar e combater, usando de ironia, uma reconhecida injustiça e discriminação social", escreveu.

"Reconheço agora que a brincadeira foi infeliz, inoportuna e precipitada pelo contexto da imagem, produzindo uma interpretação outra, que eu não pretendia [...] . Essa interpretação não condiz com minha personalidade, com quem sou, com minha prática de vida e minhas ideias. Minha intenção era criticar o sistema e não o reproduzir", completou.