Brasil

Júlio Cocielo se pronuncia sobre posts racistas e pede perdão; assista

Na ocasião, ele publicou um comentário de cunho racista sobre o jogador francês negro Kylian Mbappé

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)


O youtuber Júlio Cocielo publicou um vídeo no seu canal nesta quarta-feira (04) para se pronunciar após ser acusado de racismo por famosos e internautas. Na ocasião, ele publicou um comentário de cunho racista sobre o jogador francês negro Kylian Mbappé durante a partida entre França e Argentina. "Mbappé conseguiria fazer uns arrastão top na praia hein”, escreveu no Twitter.

Foto: Reprodução/Youtube
Após este episódio, tweets antigos também de cunho racista do youtuber foram recuperados e, em decorrência disso, contatos com grandes marcas com ele foram cancelados.

No vídeo, Júlio Cocielo admite o erro e pede perdão. "Estou consciente do meu erro. Não tenho razão nenhuma. O comentário foi tão infeliz. Fiz um comentário muito mal explicado e gerou toda essa confusão que você está vendo agora. Tentei me referir a velocidade do jogador dele. O comentário tão infeliz e mal explicado, que acabou ofendendo algumas pessoas. Entendo muito bem a revolta que rolou", disse o youtuber que relatou também ter pesquisado para entender o motivo do seu comentário ter sido considerado racista.

O youtuber também comentou sobre os seus antigos posts polêmicos nas redes sociais. Sobre os tweets antigos, tem muitos de quando eu tinha 16 anos de idade. Aquele monte de merda que eu falei é muito distante de quem eu sou hoje e do tanto que a minha vida evoluiu. O eu de um dia atrás já não é o eu de agora. Não sou uma pessoa que quer espalhar o racismo. Hoje leio aquilo e me sinto envergonhado. Foram coisas absurdas. Eu postava supostas piadas que ouvia em stand up, em blog, programas de humor... Não tinha noção do peso que isso teria hoje. Com isso aprendi que o que eu falei não é piada hoje, ontem e nem amanhã. Apareceu hoje em dia fora de contexto. Não era maldade. Não é a minha opinião e nunca foi. Sem querer espalhei o ódio e acabei sendo o que não sou", explicou.

Júlio contou também apagou mais de 50 mil posts porque tem o intuito de recomeçar. Esse tombo que tomei vai servir para isso nunca mais se repetir. Desculpa família, amigos, seguidores e a todos", desabafou.

Veja o vídeo: