Brasil

Justiça condena metrô a pagar R$ 30 mil a mulher perfurada com seringa

Por conta da lesão, ela tomou medicamento contra o vírus da Aids por 28 dias

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma decisão judicial condenou o O Metrô de São Paulo a pagar uma  indenização para uma jovem que foi perfurada em agosto de 2016 na Estação Paraíso por um homem com uma seringa. 

Foto:Divulgação

O Tribunal de Justiça determinou o pagamento de R$ 30 mil à vítima. Ela havia pedido R$ 50 mil. Por conta da lesão, ela tomou medicamento contra o vírus da Aids por 28 dias para não correr o risco de ser contaminada. O Metrô informou que vai recorrer da decisão. O ataque integra um dos vários ocoriddos  em estações de metrô e na região da Avenida Paulista entre julho e agosto do ano passado. Um suspeito dos ataques foi preso pela polícia.