Brasil

Justiça nega pedido de liberdade de jogador preso por agredir ex-namorada

Segundo Bianca Oliveira, Alexandre não aceitava o fim de um relacionamento que durou quatro anos

Marcos Nunes, da Agência O Globo

O Tribunal de Justiça (TJ) negou pedido de liberdade provisória, feito pela defesa do jogador de futebol Alexandre de Oliveira Macedo Junior, o Alexandre Talento, de 22 anos, que está preso desde a última sexta-feira, no Rio.

O jogador atuava no Atlético Goianiense até ter o contrato rescindido, no dia 28 de março último. Ele teve a prisão preventiva decretada após ser apontado como autor de uma agressão sofrida pela ex-namorada Bianca Ariana Rocha Oliveira, de 29.

Foto: reprodução
No despacho em que negou o pedido de revogação do mandado de prisão preventiva em favor do atleta, a juíza que analisou o caso disse que a liberdade de Talento poderia trazer prejuízo a integridade física da vítima. "....A par disso, tem-se que a segregação cautelar do réu mostra-se necessária, uma vez que poderá ele, em liberdade, atentar contra a integridade física e psicológica da vítima, trazendo males irreversíveis a esta, bem como a sociedade como um todo", escreveu a juíza.

Segundo Bianca Oliveira, Alexandre não aceitava o fim de um relacionamento que durou quatro anos. Ela alega ter sido agredida, na noite do último dia 14 de abril, no Bairro de Oswaldo Cruz, na Zona Norte do Rio.

De acordo com Bianca, o ex-namorado pegou o telefone que ela levava e acessou um diálogo nas redes sociais, onde a jovem falava com uma amiga sobre uma saída noturna. Foi o suficiente para o jogador atacar a jovem com socos e chutes até que ela desmaiasse.

Por conta do espancamento, ela sofreu fratura nos ossos da face e precisou passar por uma cirurgia reparadora, no Hospital Carlos Chagas.
Foto: reprodução
— Ele me bateu bastante, até eu desmaiar. Só lembro de ter acordado quando estava num carro de uma amiga, sendo levada para um hospital. O Alexandre vivia me perseguindo porque não aceitava o fim do nosso relacionamento de quatro anos. Tenho medo do que possa acontecer daqui pra frente —, disse a jovem.

Bianca já havia sido alvo de uma outra agressão praticada por Alexandre Talento. Na noite do dia 1º de abril, ele teria puxado os cabelos da ex-namorada e a arrancado de um carro. A jovem disse, que em seguida, foi agredida com socos. Na ocasião, o atleta pagou fiança e conseguiu ficar em liberdade.



Na época, o juízo do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá determinou uma medida protetiva, que obrigava Talento a manter uma distância mínima de 250 metros da ex-namorada. Como descumpriu a medida e foi apontado pela vítima como sendo o autor de uma nova agressão, o jogador de futebol acabou tendo a prisão decretada, no dia 2 de maio.

Ele foi preso , na sexta-feira, por agentes da 30ªDP (Marechal Hermes) . Alexandre Talento está à disposição da Justiça em uma cela de uma unidade penal de Benfica, na Zona Norte do Rio.