Brasil

Livro viraliza nas redes ao listar motivos para confiar em Bolsonaro com páginas em branco

Segundo o autor, objetivo da obra é provocar a reflexão dos leitores

Hellen Guimarães, da Agência O Globo
- Atualizada em

Pouco mais de 22 gramas, 190 páginas e, destas, 188 em branco. Este é o conteúdo do livro "Por Que Bolsonaro Merece Respeito, Confiança & Dignidade?". Lançada em março, a obra começou a ganhar visibilidade nas redes sociais brasileiras nesta quarta-feira, conforme noticiou o colunista Ancelmo Gois . As seis avaliações no site de vendas tornaram-se 38 em menos de duas horas, e a ideia inusitada gerou milhares de compartilhamentos e comentários nas redes. Seria um protesto? Um golpe?

O gaúcho Willyam Thums, de 30 anos, levou um susto ao atender a reportagem. Ele está terminando o doutorado em literatura comparada na Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, e ficou surpreso ao saber que seu livro estava, cinco meses após o lançamento, ganhando toda essa repercussão por aqui. Ele garante que a obra está indisponível para venda desde então.

Fotos: Reprodução/Internet

— Este está sendo o dia mais louco da minha vida. Publiquei em março, de forma independente, e disponibilizei em duas plataformas de venda online. Ninguém nunca comprou este livro! Não é verdade o que estão dizendo. Ele já não está disponível para venda desde março. Eu teria acesso aos dados de onde foi comprado, mas conferi os recibos da Amazon e não há nenhuma venda. Os comentários lá podem ser problemáticos porque não é necessário efetuar a compra para avaliar — disse.

A repercussão se divide entre os que consideram genial a crítica ao presidente e os que se dizem lesados pela venda de um livro com páginas em branco. Quando o GLOBO acessou o anúncio, de fato, não havia nenhum aviso sobre a brincadeira e o livro estava sendo vendido a R$ 39,64, com prazo para entrega para a próxima semana. A descrição prometia "responder à pergunta que não quer calar o Brasil. Em meio ao turbulento momento em que vive nosso país, somente este livro pode te dar a resposta mais sincera sobre o Presidente Jair Bolsonaro".

Após viralizar, o livro tornou-se indisponível e a descrição foi acrescida do seguinte aviso: "ATENÇÃO: [Livro Sátira] Este livro possui apenas 2 páginas escritas e 188 páginas em branco." Procurada, a Amazon respondeu que não vai comentar o caso, mas ressaltou que a política do site permite ao usuário devolver o produto e solicitar o reembolso em até 30 dias após a compra, desde que este não tenha sido danificado.

Objetivo não era protesto e sim provocar reflexão, explica autor

Apesar de se declarar contrário aos ideais do presidente Jair Bolsonaro, Willyam explica que o objetivo de seu livro não era protestar, mas deixar que o leitor pensasse em suas próprias respostas para a pergunta do título.

— Eu não posso responder porque não acredito que ele mereça essas coisas (risos). Mas o que eu queria não era simplesmente dizer isso. Eu queria deixar essa questão em aberto e provocar uma reflexão. Cada um pode ter suas próprias respostas a partir dessa página em branco ou não, ver como um protesto ou uma sátira mesmo — explicou.

A ideia, conta o autor, surgiu em conversa com amigos americanos, ao descobrir que existe um livro semelhante sobre Donald Trump. Willyam está terminando o doutorado em Literatura Comparada e mora nos Estados Unidos. Atualmente, ele leciona na Universidade de Georgetown e trabalha como escritor. Nas últimas eleições, votou em Ciro Gomes (PDT).

— Meu posicionamento é obviamente contrário ao presidente, mas acho que isso aparece de forma sutil nas páginas em branco. Por isso acho o livro divertido, por conta dessa ambiguidade que ele provoca — conta.

O jovem pretende se especializar em literatura latinoamericana, e defenderá tese de mestrado a respeito da fome e da produção de sentimentos. Ele publicou, também neste ano, o primeiro livro de uma trilogia sobre as relações entre Estados Unidos e China.

Mesmo distante, Willyam afirma que acompanha todas as notícias sobre o Brasil e que pretende voltar ao país. Ele não esconde, porém, que o resultado das eleições o desanimou a tomar esta decisão. — Acho que retorno na metade do ano que vem. É claro que essa conjuntura desmotiva, porque Bolsonaro cancelou concursos públicos, o que fecha muitas oportunidades. Mas ainda tenho um ano para decidir.

O que há, afinal, nas duas páginas?

O texto escrito em "Por Que Bolsonaro Merece Respeito, Confiança & Dignidade?" trata-se de uma nota de Willyam aos leitores, explicando a proposta do livro. Em um trecho, ele garante que a obra é "resultado de incansáveis horas de trabalho" e "oferece um viés exclusivamente imparcial sobre os inegáveis méritos do Presidente Jair Bolsonaro como figura mais importante, respeitável e digna do Brasil contemporâneo".

— Ali faço uma introdução sobre o contexto político do Brasil, falo um pouco de fake news e convido o leitor a formular suas próprias respostas — explicou o autor.