Brasil

Lutador de MMA mata a ex-namorada, tenta suicídio e morre no hospital horas depois o crime

Após matar a jovem, o suspeito esfaqueou a própria barriga, , chegando a ficar com as vísceras expostas

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

O lutador de MMA (Mixed Martial Arts), Leandro Ribeiro, de 21 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (14) após ter assassinado a ex-namorada de 16 anos e, em seguida, ter tentado suicídio. O crime aconteceu na cidade de Boa Vista (RR). As informações são do globoesporte.com.

Foto: Reprodução
Ao globoesporte.com, testemunhas do crime disseram que o suspeito, que também era professor de Jiu-Jítsu, foi até a casa a estudante Sara de Souza Ferreira com a intenção de reatar o namoro que havia terminado há seis meses. Eles ficaram juntos durante quatro anos.

Após uma discussão entre os dois, o lutador atacou a vítima com golpes de faca e ela morreu no local. Em seguida, Leando esfaqueou a própria barriga, chegando a ficar com as vísceras expostas.

Ele chegou a ser socorrido para um hospital da cidade, mas perdeu um rim e o pâncreas devido ao ataque. Horas depois, não resistiu aos ferimentos e faleceu.


Leandro era integrante  da Trinity, equipe de Jiu-Jítsu. Ultimamente, o ex-lutador aderiu aos eventos de MMA. Em janeiro, ele conquistou o cinturão do Uiramutã Serra Combat 2.0, na revanche contra Leandro Cacique.