Brasil

Mãe diz que quer que filho 'sofra na cadeia' após ele ser suspeito estuprar a irmã

Menina foi abusada no banheiro da própria casa

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

A mãe de um jovem de 19 anos denunciou o próprio filho à polícia após descobrir que ele havia estuprada a irmã de apenas oito anos de idade no banheiro de casa. O crime teria acontecido no início de julho, mas o boletim de ocorrência só foi registrado na última semana, quando a vítima conseguiu denunciar o crime que ocorreu na cidade de Itariri (SP). As informações são do G1 Santos e Região.

Em entrevista ao G1, a mãe da criança contou que sente dificuldades para dormir após o crime que ocorreu no seio familiar.  "Deixa ele preso para sofrer na cadeia", desabafou sobre o filho suspeito de estuprar a irmã.

Ela contou também que descobriu o crime após perceber uma mudança de comportamento da menina. "Ela ficava chorando e eu perguntava ‘o que você tem filha’ e ela respondia que não era nada", relatou. Após alguns dias, ela deixou a filha ir brincar na casa de um amigo, onde ela relatou o tinha acontecido. A mãe do colega denunciou o caso ao conselho tutelar da cidade.

O conselho tutelar foi até a casa da vítima onde ela contou que o irmão pediu que ela pegasse um papel higiênico e levasse até o banheiro em que ele estava. Ao chegar no cômodo, o irmão disse que era uma pegadinha, trancou a criança no banheiro a estuprou.

"Achei estranho ele fazer isso com a irmã dele. Mandaram fazer exames, eu acompanhei tudo. Um dia depois da última coleta de sangue a polícia buscou ele", relatou a mãe.


De acordo com a polícia, o suspeito está em prisão temporária pelo crime de estupro de vulnerável. A criança irá passa por acompanhamento psicológico.