Brasil

Mãe mata os próprios filhos a facadas e tenta suicídio em Guapimirim

Polícia confirmou briga de casal antes de assassinato das crianças, que aconteceu no Rio de Janeiro

Redação iBahia (redacao@ibahia.com)
- Atualizada em

Uma mulher, de 36 anos, assassinou os próprios filhos a facadas no município de Guapimirim, localizado no estado do Rio de Janeiro. De acordo com informações da Polícia Civil, a dona de casa identificada como Stephani Ferreira Peixoto teve uma briga com o marido na sexta-feira passada e na segunda matou os filhos Leonardo Ferreira da Silva, de 6 anos, e de Arthur Moisés Ferreira da Silva, de 3 anos.

Logo após o crime, Stephani tentou se matar cortando os dois pulsos. Ela foi socorrida para o Hospital Municipal José Rabello de Mello e transferida na terça-feira para o Complexo do Gericinó. Não há previsão de transferência dela para uma unidade prisional. Em nota, enviada ao site OGlobo, a Secretaria de Administração Penitenciária informou que a medida é comum para internos oriundos de hospitais com doenças ou problemas psiquiátricos.

Nos próximos dias, a acusada deve passar por novas avaliações médicas que definirão onde permanecerá sob custódia.

A polícia aprendeu uma faca no local do crime. De acordo com o delegado Antônio Silvino Teixeira, titular da 67ª DP (Guapimirim),  a mulher será indiciada por homicídio duplamente qualificado.

O pai de Stephani, que prestou depoimento nesta quarta-feira na delegacia do município da Baixada Fluminense, contou que após a briga da filha com o marido, ela entrou em contato para falar do ocorrido. Ela não disse que se houve troca de agressões entre o casal.

"Realmente houve uma briga. Nós já tínhamos essa informação que os policiais colheram com vizinhos. Os depoimentos tinham o objetivo de apurar essa história e a confirmação veio com o pai da Stephani. Soubemos também que ela falou com ela por áudio e vamos ir mais a fundo nisso", disse o delegado Antônio Silvino Teixeira, responsável pelo caso ao site OGlobo.

Foto: Reprodução/Redes Sociais


O crime
O crime aconteceu por volta de 13h30. A polícia ainda busca informações sobre a motivação da autora. Os corpos das crianças foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Teresópolis. Nos próximos dias, o delegado irá ter acesso ao depoimento das testemunhas e também a autora

De acordo com os investigadores, após matar os filhos a mulher ligou para o marido e disse que estava se matando. O homem teria corrido para a casa e não conseguiu entrar, segundo informações do site OGlobo. Foram os vizinhos que acionaram a polícia.

A Prefeitura Municipal de Guapimirim, através da Secretaria municipal de Educação, soltou uma nota de pesar e disse que "se junta a toda população no luto pelo falecimento de nossos estudantes Arthur Moisés (C.M. Professora Vânia Regina) e Bruno Leonardo (E.M. Professor Otelo). Perda irreparável. Nossas condolências a familiares e amigos".