Brasil

Maio no amarelo: Conta de luz ficará mais cara no próximo mês

Com a bandeira amarela é adicionado ao valor da conta a tarifa de R$ 1 a cada 100 kWh

Redação Correio 24h

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (27) que as contas de luz ficarão mais caras em maio. O motivo é que será aplicada a bandeira tarifária amarela no próximo mês. Sendo assim, haverá uma cobrança extra de R$ 1 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. É a primeira vez que a bandeira amarela é aplicada neste ano. Desde janeiro estava em vigor a bandeira verde, que não representa custos adicionais para o consumidor.

Foto: Arquivo/ Correio

A mudança é uma consequência do início do período seco e das chuvas que estão abaixo da média nos reservatórios de hidrelétricas. "Com o fim do período úmido e a menor incidência de chuvas, os reservatórios das hidrelétricas do Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste estão com volumes mais baixos", informou a Aneel.

O sistema de bandeiras é usado para sinalizar o custo real da energia gerada. Se os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios do que o normal é necessário acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia no país. Nesse caso, a bandeira muda para amarela ou vermelha, de acordo com o custo de operação das termelétricas acionadas.

Segundo informações do jornal O Globo, nesta semana, a Aneel decidiu manter para 2018 os valores atualmente cobrados dos consumidores pelas bandeira tarifárias. O órgão também modificou o modo como esse sistema é acionado, para torná-lo mais sensível ao volume de água presente nos reservatórios.