Brasil

Mangueira repudia 'festa pornográfica' na quadra da escola

Nesta segunda-feira (15), a escola publicou uma nota em seu site lamentando o episódio

Agência O Globo
- Atualizada em

A quadra da Estação Primeira de Mangueira foi palco ontem, segundo a agremiação, de uma "festa pornográfica", com apresentações, inclusive, de gogo boys e striper. Nesta segunda-feira, a escola publicou uma nota em seu site lamentando o episódio e informando que está " tomando todas as medidas jurídicas cabíveis contra o ato".

"(...) A Mangueira abre tradicionalmente suas portas para atender a comunidade em festas de 15 anos, casamentos, bodas e aniversários e jamais irá compactuar com esta falta de respeito ao nosso solo sagrado e às cores de nossa bandeira.", dizia um trecho da nota.

Ainda segundo a Mangueira, a responsável pelo evento é uma mulher que desfila na escola e é moradora da comunidade. A agremiação afirmou ainda que "no pedido de autorização por escrito não constava ser este tipo de festa".

O evento, de acordo com relatos nas redes sociais, seria para comemorar os 50 anos de uma mulher, que teria contratado os gogo boys para "animar a festa".