Brasil

McDonald's deverá pagar R$ 5 mil a cliente que encontrou escorpião em sanduíche

O caso foi registrado em setembro de 2012. O consumidor teria comprado um combo de Big Mac e levado para a oficina mecânica onde trabalhava

Agência O Globo

Uma franquia da rede McDonald's (Arcos Dourados Comercial de Alimentos Ltda) foi condenada a pagar R$ 5 mil de indenização por danos morais a um cliente que encontrou um escorpião no meio de um sanduíche comprado na loja, em Belo Horizonte. A sentença - dada cinco anos após o ocorrido - foi divulgada, nesta quarta-feira, pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG).


De acordo com as informações publicadas pelo órgão, a Justiça mineira entendeu que "a ingestão de alimento contaminado gera descontentamento, insegurança, desconforto, angústia e abalo psicológico que ultrapassam situações comuns" e que "o fornecedor tem responsabilidade total sobre o produto que comercializa".

O caso foi registrado em setembro de 2012. O consumidor teria comprado um combo de Big Mac e levado para a oficina mecânica onde trabalhava. Ao comer o sanduíche, segundo os relatos, ele mastigou algo semelhante a espinha de peixe e descobriu que se tratava de um escorpião morto.

Ao retornar à loja para reclamação, ele teria sido convidado por um funcionário a conferir a limpeza da cozinha, mas se recusou e preferiu registrar o boletim de ocorrência em uma delegacia.

Ainda de acordo com o TJMG, a franqueada do McDonald's defendeu que o processo de preparação dos produtos passa por rigoroso procedimento de higienização e alegou que o local onde o cliente trabalha ofereceria condições ideais para o desenvolvimento de um animal do tipo encontrado.

Mesmo assim, o desembargador Manoel dos Reis Morais, relator do recurso, manteve a sentença. Os desembargadores Claret de Moraes e Álvares Cabral da Silva votaram de acordo com o relator.

Procurada pelo EXTRA, a assessoria de imprensa da rede de fast-food enviou a seguinte nota:

"A empresa informa que não comenta decisões judiciais e reitera que segue rígidos padrões de higiene e segurança alimentar".