Brasil

Médica, filho e nora são encontrados mortos em prédio de luxo

Caso aconteceu no bairro City Lapa, zona oeste de São Paulo

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Uma médica, foi encontrada morta junto com o filho e a nora em um prédio de luxo, em São Paulo, nesta sexta-feira (7). Apesar de o caso ainda estar sendo apurado, de acordo com o jornal Estadão, os dados preliminares da Polícia Militar dão conta de que a pediatra Elaine Moreira Munhoz teria matado o filho, a namorada dele e depois se matado, por volta das 8h50.


Ainda segundo o Estadão, amigos da família informaram que o filho de Elaine, Juliano, cursava o quarto ano da faculdade de Medicina. Após os vizinhos ouvirem barulhos de tiros dentro do apartamento, que fica no segundo andar do prédio, localizado na rua Passo da Pátria, no bairro City Lapa, a polícia foi chamada. O prédio tem um apartamento por andar.


Elaine, de 55 anos, não seria a favor do casamento do filho com a moça, que não teve seu nome divulgado. Já o marido de Elaine, que também é médico, não estava no local. Ele teria saído para trabalhar minutos antes do crime. Já uma empregada doméstica que trabalha em um apartamento do condomínio disse ter ouvido gritos de um homem: "Não! Não!", além do barulho de móveis sendo arrastados, contudo, ainda segundo a publicação, o médico Rafael Criscuolo, que trabalhava com Elaine na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Pinheiros, a pediatra estava triste na semana passada.


"Ela estava mais triste do que o habitual nesta última semana. Eu sabia que Elaine tinha um filho, mas não sei dizer se havia problema entre eles", disse.