Brasil

Mega-Sena: sábado é o dia em que o prêmio mais sai; veja curiosidades sobre a loteria

Com o prêmio acumulado em R$ 275 milhões, a Mega-Sena pagará o maior prêmio da história para um sorteio regular (excetuando-se as Megas da Virada)

Agência O Globo

Superstição e loterias sempre andaram de mãos dadas. Neste sábado, apostadores vão cruzar os dedos e preparar o coração. Com o prêmio acumulado em R$ 275 milhões, a Mega-Sena pagará o maior prêmio da história para um sorteio regular (excetuando-se as Megas da Virada).

Foto: Divulgação
Se estatística vale de algo, aqui vai um empurrãozinho na torcida para que o prêmio saia: na maioria das vezes em que a sena teve um ganhador, o sorteio foi realizado num sábado. Veja, abaixo, esta e outras curiosidades da loteria mais amada e disputada do país.

Sábado dá sorte

Embora atualmente a Mega-Sena seja sorteada quartas e sábados, já houve concursos correndo em todos os dias da semana, devido a feriados ou à Mega da Virada. Os primeiros sorteios, inclusive, corriam às segundas-feiras e aos domingos. Dos 499 sorteios em que alguém levou a sena, 245 foram realizados no sábado. Em segundo lugar, vem a quarta-feira, claro, com 205 sorteios.

Par ou ímpar?

Falando em dia do sorteio, as datas ímpares têm predomínio sobre as pares. Dos mesmos 499 sorteios em que o prêmio saiu, 274 (55%) foram em dias ímpares. Como este sábado, dia 11 — desde 1996, aliás, o prêmio saiu 18 vezes no 11º dia do mês.

O que mais sai?

Ainda no assunto de par ou ímpar, dos dez números mais sorteados até hoje, seis são ímpares: 53, 5, 23, 33, 51 e 17. Mas o número mais sorteado é par: a bolinha do 10 já saiu 245 vezes.

Não está sendo fácil

Dos 38 sorteios da Mega-Sena este ano, em apenas quatro o prêmio máximo teve um ganhador. Ou seja, acumulou em praticamente 90% das vezes.

Arrecadação

O ano de 2015 foi o de maior arrecadação da loteria, com mais de R$ 6,9 billhões, seguido por 2014, 2017 e 2018. O concurso de maior arrecadação foi a Mega da Virada de 2017: mais de R$ 890 milhões num único sorteio. Além do percentual para pagamento dos prêmios (43,35% da arrecadação), 17,32% do dinheiro das apostas vão para a seguridade social, 2,92% para o Fundo Nacional da Cultura e outros 1%, para o Fundo Penitenciário Nacional.