Brasil

Menina de 10 anos usa desenho para revelar que era estuprada pelo pai

Criança entregou o desenho para coordenador da escola onde estudava

Louise Queiroga, da Agência O Globo

O desenho que uma menina de 10 anos fez na escola onde estuda em Viamão (RS) trazia fortes indícios de que ela era vítima de violência sexual. A criança mostrou por meio de imagens o que sofria após ter procurado o coordenador da unidade, dizendo que precisava avisar "as coisas feias" que o pai fazia com ela, mas estava com vergonha. O pai, de 64 anos, foi preso pelo crime de estupro de vulnerável, nesta quarta-feira. Segundo a menina contou na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) da cidade, sua irmã de 5 anos também passou pela mesma situação.

De acordo com a delegada Jeiselaure Rocha de Souza, as meninas estão sendo assistidas por diferentes órgãos do estado desde que a denúncia foi feita. No entanto, não pode divulgar mais detalhes, incluindo o desenho da irmã mais velha, para não atrapalhar as investigações, nem expor as vítimas.

Assim que o coordenador da escola recebeu a denúncia da aluna de 10 anos, acionou o Conselho Tutelar. A Polícia Civil do Rio Grande do Sul começou a apurar o caso e colheu depoimentos da filha mais velha e da mãe das crianças, que ainda deve ser ouvida novamente.

— Nós ainda estamos investigando outros pontos importantes, como a própria participação da mãe, para averiguar se ela é mais uma vítima ou é conivente, mas preferimos não dar mais elementos para atrapalhar as investigações — afirmou Souza.

O inquérito ainda está aberto e, segundo Souza, a polícia tem um prazo de 10 dias para remeter o caso ao poder judiciário. Se condenado, o pai das meninas pode pegar uma pena de 15 anos ou mais, dado o contexto da situação. As circunstâncias estão sendo averiguadas. Os investigadores aguardam resultados de laudos e novos depoimentos.