Brasil

Menina de 3 anos morre após levar choque de celular carregando

A UPA de Petrolina ressaltou ainda que mexer em aparelhos eletrônicos enquanto eles estão sendo carregados pode trazer uma série de perigos

Agência O Globo

Uma menina de 3 anos morreu por volta das 12h desta quinta-feira em decorrência de um choque elétrico causado pelo contato com um celular que estava carregando. Embora a criança já tenha chegado morta à Unidade Pernambucana de Atendimento Especializado (UPAE) em Petrolina (PE), a equipe médica, chocada diante do ocorrido, tentou reanimá-la por quase uma hora.

A página da unidade de saúde no Facebook publicou informações sobre o que aconteceu para servir de alerta aos responsáveis por crianças pequenas sobre os perigos relacionados ao mau uso do celular.

"Não há palavras para descrever tamanha tragédia. Aqui na unidade nós não atendemos criança, mas eventualmente chegam casos como esse. Fazemos de tudo para tentar salvar vidas, mas nem sempre é possível", lamentou a coordenadora geral, Graziella Franklin.

O post da UPAE Petrolina ressaltou ainda que mexer em aparelhos eletrônicos enquanto eles estão sendo carregados pode trazer uma série de perigos, como o risco de explosão ou descarga elétrica.

"Manuseá-los durante o carregamento da bateria pode provocar o superaquecimento, especialmente em celulares com as opções de carga rápida ou turbo, devido à grande quantidade de energia e volts utilizadas na ação", explica o técnico em segurança do trabalho, José Guilherme Castro.

Dessa forma, os profissionais aconselham a não mexer no celular enquanto ele estiver carregando. Eles frisaram que o aparelho deve ficar, de preferência, desligado.


"Também não deixe-o carregando em cima da cama ou embaixo do travesseiro ligado na tomada. O aparelho pode ter um curto-circuito e provocar um incêndio na sua cama, enquanto você está dormindo. Depois do celular carregado, sempre retire da tomada e guarde o carregador em local seguro. E, o mais importante, nunca deixe um celular carregando em local onde crianças tenham acesso", alerta Castro.

Confira as dicas dos especialistas sobre o que fazer em caso de choque elétrico:
- Corte ou desligue a fonte de energia;
- Afaste a pessoa da fonte elétrica que estava provocando choque (use materiais não condutores e secos, como madeira, plástico, panos grossos ou borracha);
- Chame uma ambulância ligando para o 192;
- Se a pessoa estiver consciente, a acalme;
- Se estiver inconsciente, mas respirando, deite-a de lado colocando-a em posição lateral de segurança;
- Se estiver inconsciente e não respirando, inicie a manobra de reanimação até a chegada da ajuda médica (se estiver apto a isso)