Brasil

Menina de três anos acusa pai de crime: 'Papai mau matou minha mãe'

Familiares de Valéria falaram sobre o desespero da criança, que ao ver a mãe caindo no chão tentou "acordá-la e abrir os olhos"

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Na última segunda-feira (17), uma mulher de 31 anos, identificada como Valéria Garcia, foi morta a tiros pelo ex-marido. De acordo com informações do G1 São Paulo, a filha da vítima, de três anos, viu toda a cena e ficou dizendo: "papai mau matou minha mãe". O crime aconteceu em Itanhaém, no litoral paulista. O suspeito está foragido.

Segundo o G1 SP, na hora do crime, a vítima estava conversando com um colega de trabalho em frente à residência em que morava.

Valéria e a filha (Foto: reprodução)
Familiares de Valéria falaram ao G1 sobre o desespero da criança, que ao ver a mãe caindo no chão tentou "acordá-la e abrir os olhos".

"Ele já tinha ameaçado a Valéria, mas ninguém acreditava que ele seria capaz de chegar a esse ponto. Ela [vítima] era muito apegada aos pais e a irmã, então estão todos muito abalados, não conseguem nem falar do assunto agora. Realmente estão sem chão", disse a familiar.

 Ainda segundo o G1, a vítima, que foi atingida com um tiro no peito, foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu e morreu.

 O caso foi registrado no DP Sede de Itanhaém e será investigado pela Delegacia de Investigações Gerais da cidade.