Brasil

Menina morre após se queimar com álcool quando tentava matar carrapato

Ela passou cerca de um mês internada no hospital em que morreu, após ter 62% do corpo queimado

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)
- Atualizada em

Uma menina de dez anos, identificada como Marcella Souza Figliuolo Uchoa, morreu na tarde da última terça-feira (18) após passar quase um mês internada na cidade de Anápolis (GO). A criança teve queimaduras ao brincar com álcool para matar um carrapato. As informações são do G1 Goiás.

O acidente aconteceu no dia 1º de julho, na cidade de Manaus (AM). Ela estava a passei no norte do país, onde a avó mora, mas morava em Indaiatuba (SP). O pai contou ao G1 como tudo aconteceu.

"A Marcella foi manusear álcool gel com álcool líquido na tentativa de matar um carrapato. Ela estava acompanhada do primo e, inocentemente, sem nenhum cuidado, ao acender num copinho o fogo para tentar matar o carrapato, houve uma explosão muito grande e isso pegou fogo no vestido dela", disse.

No momento do acidente, a avó sofreu ferimentos quando tentou socorrê-la, segundo o G1. Marcella foi levada para um hospital e recebeu atendimento em outras duas unidades até ser levada para Goiás e ser internada no dia 22 de julho em Anápolis. Ela teve 62% do corpo queimado e morreu por complicações respiratórias. "Foi o pulmão. Ela se foi ontem (terça), por volta das 17h", disse o pai da garota ao G1.