Brasil

Menino de 3 anos que brincava com batom é agredido pelo pai com chineladas

Criança estava brincando com um batom e acabou sujando o rosto. Ao ver isso, o pai disse: 'Na minha família não tem viado'

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um menino de três anos foi agredido com chineladas pelo pai na noite desta segunda-feira (8) após brincar com um batom. O homem de 41 anos foi detido. O caso aconteceu em Uberaba (MG). As informações são do G1 Triângulo Mineiro.

De acordo com a apuração do G1, no registro da polícia militar consta que a mãe da criança, de 29 anos, contou que é separada e que a criança foi passar o fim de semana com pai, como sempre acontece. Ele estava acompanhado da irmã de 13 anos.

Segundo ela, a filha enviou imagens, através do celular, das costas do filho marcadas após a sequência de agressões do pai. Ao buscar os filhos, ela avisou ao homem que iria acionar a polícia e foi ameaçada pelo ex, em seguida, através de mensagens enviadas pelo celular.

De acordo com a garota de 13 anos, o menino estava brincando com um batom e acabou sujando o rosto. Ao ver isso, o pai disse: "Na minha família não tem viado". Em seguida, ele desferiu uma série de chineladas nas costas da criança, o que ocasionou lesões. O menino foi conduzido para uma hospital da cidade, onde foi atendido.

À polícia, o suspeito afirmou que não gostou de ver o filho brincando com o batom e por isso o agrediu, mas sem a intenção de machucar. Ele disse também que havia ingerido bebida alcoólica.

Na delegacia, ele assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por maus-tratos, que faz com que ele se comprometa a comparecer à justiça quando for solicitado.