Brasil

Menino de sete anos salva primo engasgado com espinha de peixe

Walter Neto participa do projeto "Samuzinho", curso de primeiros socorros direcionada a crianças

Redação iBahia (redacao@portalibahia.com.br)

Um menino de 7 anos, identificado como Walter Neto,  salvou o primo, de apenas 3 anos, após ele se engasgar com uma espinha de peixe. O caso aconteceu na última terça-feira (3) durante um almoço da família na cidade de Teresina (PI). Walter Neto participa do projeto "Samuzinho", curso de primeiros socorros direcionada a crianças.

De acordo com informações com informações do UOL, no momento, avô e a tia do menino se revezaram em tentar ajudar o garoto, mas não conseguiram. Foi Walter quem conseguiu socorrer o primo graças às manobras que aprendeu com os profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Foto: reprodução / Arquivo de Família
"Quando eu vi que todo mundo estava desesperado tentando ajudar o Davi, eu fui lá e falei para minha mãe que eu podia fazer a manobra", contou Walter Neto ao UOL. "Então, em umas três tentativas, eu consegui desengasgar o Davi.".

A mãe de Walter, Ana Gabriela Silva Vaz Barreto, disse que foi impressionante o posicionamento do filho. "Algo que a gente não conseguiu fazer, uma criança fez sem dificuldade, porque realmente ele não estava nervoso", contou ao UOL.

Ana Gabriela Silva também revelou que o filho participou do projeto "Samuzinho" dias antes do ocorrido e que durante a aula ele não tinha conseguido realizar a manobra com o bebê.



Projeto Samuzinho


O projeto voluntário é promovido por profissionais do Samu de Piauí desde 2014. O "Samuzinho" é ministrado em aulas quinzenais para crianças entre 7 e 12 anos e ensina técnicas de primeiros socorros.

Nas aulas, eles aprendem técnicas de reanimação, prevenção de acidentes domésticos, manobra para engasgos e reconhecimento de parada cardíaca, infarto e AVC. As crianças também aprendem como solicitar o socorro para órgãos responsáveis.